Arrematei imóvel em um leilão, mas existem pessoas ocupando ou morando no bem, o que fazer?

Se você é uma das pessoas que estão naquela famosa situação do “ganhou, mas não levou”, isto é, arrematou um imóvel em leilão, mas simplesmente não consegue adentrar em seu novo imóvel, pois existem pessoas que estão ocupando ou morando no seu imóvel, saiba que nem tudo está perdido. A situação de arrematar um imóvel em leilão e não conseguir obter a posse do bem, é uma das dores de cabeça mais frequentes no cotidiano dos brasileiros, pois a pessoa que ocupa o imóvel indevidamente, na maioria das vezes é o antigo proprietário, um inquilino do ex proprietário do imóvel ou pessoas que estão morando de favor. Em Campo Grande, MS, em razão da crise financeira o número de leilões de imóveis teve um aumento significativo, somente em março de 2018, o que demonstra que possivelmente os arrematantes desses imóveis terão a dor de cabeça de não conseguirem a posse dos imóveis. Entretanto, saiba que existe a possibilidade da desocupação amigável, mediante a formalização de uma notificação extrajudicial, porém caso a saída da pessoa que ocupa o seu imóvel se torne impossível por esse meio, será necessário ingressar junto ao poder judiciário com a ação reivindicatória. A ação reivindicatória visa garantir a sua posse no imóvel arrematado em leilão, por meio das vias judiciais. Caso você, queira saber maiores detalhes, entre em contato conosco.

Facebook Comments
Category: Imobiliário
Tags:
Post anterior
O que é uma startup? Existe em Mato grosso do Sul?
Próximo post
Criança que ainda vai nascer (nascituro) têm direito nos bens do inventário?
Menu